A alimentação está a cada dia mais em voga atualmente, e nas cantinas escolares esta visão se torna ainda mais importante. Algumas cantinas optam pelo mais fácil, oferecendo uma alimentação gordurosa e repleta de frituras. No entanto, elas esquecem que as crianças estão formando seus hábitos alimentares, podendo se viciar nessas comidas. Isso é muito ruim, pois é algo que pode gerar sérios problemas de saúde no futuro, como obesidade e diabete, algo que nenhuma cantina escolar saudável deseja.

E são justamente essas cantinas saudáveis que querem nadar contra a corrente. São elas que oferecem uma alimentação que promova uma boa fase de crescimento. pensamos dessa maneira e queremos passar um pouco do nosso conhecimento para que essa cultura se espalhe pelo Brasil. Veja neste artigo como você pode ter uma cantina escolar saudável!

1. Trabalhe com um nutricionista
Você não deve trabalhar com um nutricionista apenas porque esta é uma exigência legal. Lembre-se sempre que ele será o seu braço direito ao montar uma cantina escolar saudável. Isso porque o nutricionista tem todo o conhecimento sobre a alimentação necessária para cada fase da vida. Ou seja, esse é o profissional que irá definir os padrões alimentares das crianças de acordo com o que elas necessitam para crescer bem.

2. Pense em um bom cardápio
E como o nutricionista fará isso? Criando um bom cardápio! Converse com ele e pensem em conjunto sobre comidas que podem oferecer uma alimentação nutritiva, variada e, claro, gostosa. Não se esqueça que aqui a variedade é muito importante! Afinal, como dito no início do texto, é nesse momento que a criança está formando os seus hábitos alimentares. E eles serão levados para o resto da vida!

Além disso, lembre-se que nem todos os alimentos que são bons para os adultos, também o são para os pequenos. E, obviamente, uma cantina escolar saudável precisa estar atenta às peculiaridades dessa fase da vida. Logo, algumas coisas devem ser levadas em consideração, como evitar comidas com espinhas ou caroços. Elas podem ser bastante ruins às crianças, pois podem causar engasgos, o que pode ser visto neste artigo.

3. Pense no café da manhã de uma cantina escolar saudável
Muitas crianças não gostam de tomar o café da manhã e isso é normal. Mas se a sua escola oferece essa refeição matutina, é preciso pensar nela com muito carinho. Isso porque ela realmente é a refeição mais importante do dia. Não é uma lenda! Como estamos há muito tempo sem comer, sempre precisamos ingerir algo em até duas horas depois de acordar para fazermos as atividades diárias.

E isso não é diferente com as crianças. Como elas gastam bastante energia ao longo do dia, toda cantina escolar saudável precisa pensar em um café da manhã que as sustente bem. Os resultados são vistos não apenas nas brincadeiras com os amigos, mas também na sala de aula e nas atividades extra curriculares.

4. Evite oferecer besteiras em uma cantina escolar saudável
O lanche escolar saudável é um assunto bastante falado, não é mesmo? Afinal, que cantina escolar saudável pensaria em oferecer alimentos que não sejam saudáveis? Qual nutricionista poderia recomendar algo assim para as crianças que estão em sua plena fase de crescimento?

São muitas perguntas, mas a resposta não é tão lógica assim. Como o manual das cantinas escolares diz, a propaganda exerce bastante influencia sobre as pessoas. E muito mais sobre as crianças! Logo, se elas recebem diariamente várias informações sobre a ingestão de alimentos cheios de açúcar e gordurosos, porque sentiriam vontade de comer algo saudável?

Além disso, e em ocasiões especiais como festas juninas, dia de São Cosme e Damião e outras datas comemorativas? O que fazer para fugir da má alimentação? Bem, toda cantina escolar saudável precisa saber quais alimentos são desnecessários e como evitá-los. Já sobre a propaganda, tente conversar com a escola.

Peça para que ela retire banners, panfletos, cartazes e outras peças que incentivem a má alimentação escolar. Você pode usar esse mesmo espaço ao seu favor, divulgando a alimentação saudável! Aliás, outra boa dica é a de dar ainda mais destaque a esse tipo de alimento na sua cantina. Sobre as datas comemorativas, sempre busque opções mais saudáveis que sejam pertinentes à festa.

5. Mantenha a higienização dos alimentos
Por fim, uma cantina escolar saudável precisa manter os alimentos e todo o estabelecimento com uma limpeza adequada! Afinal, criar um excelente cardápio com a ajuda de um nutricionista, englobando uma alimentação variada e que priorize o café da manhã não adiantará de nada se o próprio local onde os alimentos são feitos está infectado por transmissores de doenças.

Então, pense em práticas que ajudem na higienização dos funcionários, do ambiente e dos alimentos. Para o primeiro item, podemos incentivar ações básicas como banhos antes de chegar ao trabalho, lavagem de mãos constantes, não manusear os alimentos caso o colaborador esteja resfriado etc. Para o segundo item, pode-se dedetizar a cantina escolar periodicamente e fazer limpezas diárias no local.

Por fim, para a higienização da comida, contrate um fornecedor de qualidade para que nada chegue contaminado na sua cantina. Além disso, armazene-a em um local limpo, com uma temperatura adequada e limpe os alimentos antes de prepará-los.

Oferecer uma boa alimentação para crianças deveria ser a prioridade de qualquer cantina. Afinal, como dito, essa é uma das fases mais importantes da vida em relação à alimentação. Portanto, não deixe o assunto de lado por nenhum motivo e busque montar uma cantina escolar saudável!

Anúncios